Concurso TSE

CONCURSO do TSE UNIFICADO está com banca em definição; saiba mais

O edital está programado para ser divulgado no primeiro semestre de 2024, conforme detalhes na seção "situação atual" do documento.

Imagem do autor
Cadastrado por

Lorena Lins

Publicado em 29/11/2023 às 16:40
Notícia
X

O concurso unificado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está em fase de definição da banca examinadora, conforme anunciado na ata da 83ª edição do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel).

O edital está programado para ser divulgado no primeiro semestre de 2024, conforme detalhes na seção "situação atual" do documento.

Rogério Galloro, o novo diretor-geral do TSE, revelou a expectativa de mais de 495 vagas, com a distribuição oficial sendo especificada no edital de abertura.

A publicação desta seleção é uma das grandes antecipações para o ano de 2023, representando uma oportunidade valiosa para ingressar como servidor nos Tribunais Regionais Eleitorais participantes.

Com base no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2024, a quantidade de oportunidades pode aumentar, prevendo um total de 2.066 vagas entre criação e provimento.

Situação Atual do Concurso TSE Unificado

  • 27 de novembro de 2023: Banca em definição
  • 27 de novembro de 2023: 83ª edição do Coptrel
  • 8 de novembro de 2023: Comissão definindo regras para contratar a banca
  • 25 de outubro de 2023: Anúncio de 495 vagas pelo novo diretor-geral do TSE
  • 20 de outubro de 2023: Comissão formada
  • 17 de outubro de 2023: Resolução publicada no Diário Oficial
  • 13 de outubro de 2023: Minuta da resolução publicada
  • 10 de outubro de 2023: Resolução aprovada em sessão plenária
  • 3 de outubro de 2023: TRE RO indica distribuição de cargos e iminência do edital unificado
  • 28 de setembro de 2023: Equipe de planejamento definida
  • 25 de setembro de 2023: Grupo de Trabalho formado
  • 25 de setembro de 2023: Edital em fevereiro de 2024? Entenda
  • 31 de agosto de 2023: Previsão de 2.066 oportunidades pela PLOA 2024
  • 22 de agosto de 2023: Ata do COPTREL prevê criação de cargos para TI
  • 2 de agosto de 2023: 82º COPTREL discute o Concurso TSE Unificado
  • 27 de julho de 2023: Edital poderá ser publicado em 2024
  • 14 de junho de 2023: Ministro Edson Fachin nega seguimento da ADI 7338
  • 13 de abril de 2023: Contrato de requisitados prorrogado, nomeações em 2023 e participação de
  • 25 tribunais regionais
  • 24 de janeiro de 2023: Ata de reunião circula com possível cronograma
  • 17 de janeiro de 2023: LOA Federal 2023 divulgada com provimento e criação de vagas
  • 9 de janeiro de 2023: Lei que reajusta remuneração é publicada
  • 25 de maio de 2022: Portaria detalha vagas para provimento
  • 5 de abril de 2022: Fase inicial do planejamento sobre o concurso unificado

Participação dos Órgãos no Concurso TSE/TREs Unificado

Todos os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) manifestaram interesse, mas apenas aqueles sem concurso público vigente no momento da publicação do edital poderão oferecer vagas.

Atualmente, os TREs com editais vigentes são TRE PR (validade até 12/02/2024), TRE PA (validade até 17/05/2024) e TRE TO (validade até 20/08/2024).

Esses tribunais indicaram o interesse de participar da seleção unificada, desde que as vagas ofertadas sejam distintas das vagas nos editais vigentes.

Fonte: Concurso estratégia.

Remuneração e Benefícios do Concurso TSE Unificado

A remuneração dos cargos de provimento efetivo das Carreiras dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário é composta pelo Vencimento Básico do cargo e pela Gratificação Judiciária (GAJ), além das vantagens pecuniárias permanentes definidas em lei.

Técnico Judiciário

  • Remuneração Inicial: R$ 8.046,84
  • Remuneração Final: R$ 12.082,30

Analista Judiciário

  • Remuneração Inicial: R$ 13.202,62
  • Remuneração Final: R$ 19.823,62

Cargos e Vagas no Concurso TSE Unificado

Prevê-se a oferta de 490 a 500 vagas, com reserva de 20% para pessoas negras, 10% para Pessoas com Deficiência e 3% para indígenas, conforme estabelecido em resolução publicada.

Analista Judiciário:

  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Judiciário:

  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Requisitos:

  • Analista Judiciário:

Diploma ou certificado de curso de graduação específica reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC)
Técnico Judiciário:

Diploma ou certificado de curso de graduação específica reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC)

Confira também:

Tags

Autor