Concurso

CONCURSO TSE UNIFICADO tem banca definida e prevê 520 vagas para o próximo ano

A divulgação ocorreu na última quinta-feira, 7, pelo próprio TSE. Estão previstas 520 vagas para a área de Apoio, nas funções de técnico e analista judiciários, abrangendo diversas especialidades.

Imagem do autor
Cadastrado por

Lorena Lins

Publicado em 09/12/2023 às 19:38
Notícia
X

O Tribunal Superior Eleitoral anunciou que a Fundação Getulio Vargas (FGV) foi escolhida para ser a organizadora do seu próximo concurso, conhecido como TSE Unificado.

A divulgação ocorreu na última quinta-feira, 7, pelo próprio TSE. Estão previstas 520 vagas para a área de Apoio, nas funções de técnico e analista judiciários, abrangendo diversas especialidades.

Para ambos os postos, a exigência é de formação de nível superior, de acordo com a área de interesse. Ainda não há uma data específica para a publicação do edital, mas a expectativa é que ocorra ainda este ano, dependendo do progresso nos preparativos.

O próximo passo é a formalização do contrato com a FGV

O TSE também indicou a previsão de realização das provas para o primeiro semestre de 2024. Esta informação foi confirmada pelo diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral, Rogério Galloro, durante o 83º Encontro do Colégio dos Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel).

Ademais, foi destacado que todos os 27 Tribunais Regionais Eleitorais expressaram interesse em participar do concurso unificado. Esta informação foi compartilhada com a Folha Dirigida por meio do próprio TSE.

Os TREs assinaram um termo de adesão ao processo seletivo unificado, contudo, apenas aqueles sem edital válido na época de abertura do concurso poderão disponibilizar vagas.

Comissões foram formadas para organizar e definir as normas do concurso, incluindo aspectos como a contratação da empresa responsável, edital e outros detalhes, segundo o TSE.

Detalhes do Concurso TSE Unificado: Cargos, Requisitos e Salários

Cada tribunal especificou os cargos e o número de vagas para contratação imediata, além de formação de cadastro reserva, conforme detalhado nos termos de adesão enviados à Justiça Eleitoral.

Haverá vagas para técnicos e analistas judiciários em várias especialidades, como administrativa, judiciária, apoio especializado e Segurança, entre outras.

Tanto para técnicos quanto para analistas judiciários, o requisito é possuir diploma de nível superior, que deve ser apresentado no momento da posse.

Fonte: G1.

Os salários propostos são

Para técnicos judiciários: R$8.046,84, incluindo R$3.352,85 de vencimento básico e R$4.693,99 de Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ);

Para analistas judiciários: R$13.202,62, sendo R$5.501,09 de vencimento básico e R$7.701,53 de GAJ.
O TSE sinalizou que o edital do concurso unificado será divulgado em breve.

Confira também:

Tags

Autor